O alicerce, a promessa e o tempo

Segue abaixo trechos do livro que estou lendo (Vitória no Deserto - John Bevere).

"Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante. É semelhante a um homem que, edificando uma casa, cavou, abriu uma profunda vala e lançou o alicerce sobre a rocha..." (Lc 6:47,48 - grifos do autor)

Vivendo em Dallas, eu costumava parar e olhar a escavação para a construção dos grandes edifícios. A princípio, a obra parecia bem lenta. Ouvia-se o barulho das máquinas quebrando as rochas e cavando fundo para assentar os alicerces do edifício. Quanto maior o prédio, mais profundo o alicerce, e mais tempo levava. Os homens trabalhavam apenas abaixo do nível do solo, e uma pessoa desavisada achava que a construção do edifício estava demorando demais.
Mas de um dia para o outro, o prédio despontava rumo ao céu. O edifício dava a impressão de haver crescido durante a noite, comparado ao tempo levado para surgir do subsolo. O progresso vertical era pequeno, comparado com a preparação subterrânea.
Muitos irmãos no corpo de Cristo estão nesse processo do subsolo, estão cavando para baixo. Bendizemos a Deus pelo início do avivamento. São pessoas que vivem para servir. Para elas, tudo parece andar muito devagar... Estão no deserto, sendo preparadas por Deus. O alicerce está sendo lançado; o caráter de Cristo, formado. O caráter de Cristo será a roupagem daqueles que operam na construção do edifício de Deus.

--------------------------------------------------------------------------
Escrevi esse trecho para fazer uma ponte com o próximo que colocarei a seguir....o tipo de alicerce que você permite que Deus construa na sua vida, determinará o tipo de vida que terá. Ou seja, tudo dependerá de como você se permite ser purificado por Deus (se como o ouro, ou se como a palha) II Tm 2:20,21 .... inclusive o seu ministério. Segue abaixo outro trecho do livro.
--------------------------------------------------------------------------

Existem dois tipos de ministério: o ministério tipo Ismael e o de Isaque. Qua a diferença entre os dois? O ministério Ismael nasce da necessidade e é gerado na carne. O ministério Isaque nasce do chamamento e é gerado no Espírito. Ambos surgiram da promessa ou do chamamento de Deus.
Deixe-me explicar. Deus prometeu a Abraão que teria um filho. Um filho gerado pelo próprio Abraão. Deus nada falou a respeito do papel que Sarai, sua esposa estéril, desempenharia no processo. Depois de 11 ANOS de espera pelo filho, Sarai teve uma idéia brilahnte. "Sou estéril e já passei da idade de gerar filhos. Você ainda está em plena forma; se demorar, nem mesmo você conseguirá gerar um filho. Você sabe, a fé sem obras é morta! Então, deite-se com minha serva Hagar, engravide-a e teremos filhos através dela (paráfrase de Gênesis 16). A idéia agradou a Abraão, e Hagar ficou grávida dele, nascendo-lhes um menino, em quem puseram o nome de Ismael.
Deus olhou tudo aquilo e disse ocnsigo mesmo: "Eles acham que vão realizar minha promessa na força da carne. Agora, sim! Vou aguardar até que o aparelho reprodutor de Abraão não mais funcione, e aí, sim, cumprirei minha promessa" (paráfrase). Por quê? Porque nenhuma carne se gloriará em Deus. Assim 13 ANOS mais tarde, e VINTE E QUATRO ANOS depois de haver-lhe prometido um filho (e nós desanimamos se nossas orações não são respondidas no dia seguinte), Deus disse: "Agora que o aparelho reprodutor de Abraão não mais funciona (Romanos 4:19) e ele já está próximo dos cem anos de idade, vou cumprir a promessa e dar-lhe um filho" (paráfrase). Deus rejuvenesceu o aparelho reprodutor de ambos e Sara concebeu e deu à luz Isaque. Ismael circulava pela casa há treze anos quando Isaque nasceu, e viveu alguns anos mais gozando os benefícios da família de Abraão. No entanto, chegou o dia em que Ismael começou a brigar com Isaque (Gl 4:29,30).
O nascido da carne, o que surge como fruto da necessidade, sempre perseguirá o que é nascido do Espírito. Ainda hoje existem ministérios que ainda que surgidos de uma promessa genuína, são de pessoas que não esperaram que Deus cumprisse suas promessas para com elas e resolveram agir por conta própria.
Por outro lado, o que é nascido do Espírito entende que nada fez para influir na formação e reconhece que nada pode fazer, nem dar o crescimento por suas próprias forças. Deus torna-se o responsável, e sobre Ele vem a pressão de fazer crescer o que Ele mesmo gerou! (grifo meu).
(...) Examinando a história, pude perceber que o ministério Ismael sempre surge antes do ministério Isaque.
(...) Nenhum ministério nascido do esforço humano pode herdar o ministério da promessa. Ainda que estejam frutificando. (...) Se alguém constrói sua vida ou seu ministério utilizando métodos humanos e autopromoção, nada do que edificou permanecerá. Somente permanecerá o que nasceu da promessa e foi gerado pelo Espírito Santo! (grifo meu)

--------------------------------------------------------------------------
Achei muito grande e fundamental o que li nesse capítulo. As vezes sabemos das promessas do Senhor, mas não sabemos esperar. Abraão levou anos e anos e anos para que o que Deus lhe prometeu se cumprisse...outras pessoas na Bíblia receberam a promessa, creram, mas não viveram para vê-la se cumprir (e se cumpriram!!). E é nessa falta de paciência que tomamos nosso problema das mãos de Deus...como se falássemos pra Ele: "Deus, dá aqui pra mim, porque o Senhor não consegue, eu faço melhor!"....isso é terrível, não é?!?! Então, vivemos uma vida 'a la' Ismael...uma vida de fruto "verde", temporão, colhido fora do tempo.
Não percebemos que Deus está escavando bem fundo os Seus alicerces em nossas vidas, para que os sonhos que Ele tem para nós sejam cumpridos totalmente. Escavar alicerces profundos exige buracos profundos...e quanto mais cava, mais sujeira sai...Deus tem que nos limpar antes de colocar seus alicerces, nos purificar de qualquer coisa que possa abalar a estrutura que sustenta o edifício. E isso leva tempo...e mais tempo ainda quando não entendemos essas coisas, e nos opomos ao que Deus está fazendo, quando nos opomos ao nosso deserto, ao tratamento.
Toda casa edificada sobre a areia não resistirá quando vierem as fortes tempestades e ventos...Deus sabe disso!!!! Então, deixemos que Ele construa nossas casas sobre a ROCHA, bem fundadas em alicerces profundos e maciços. Pode demorar, pode doer, pode até ser que não vejamos a promessa se cumprir... mas sabemos que a obra de Deus é perfeita, e se cumprirá. Só precisamos CONFIAR...isso é Fé!
Milene A.S.F.
--------------------------------------------------------------------------

Comentários

Anônimo disse…
Oie!
Realmente... paciência e fé em Deus dão o sentido que a nossa VIDA merece.
Uma vida mais calma, com mais amor e respeito pelo próximo. E isso só acontece qdo deixamos que Ele tome conta de nós, que nos ensine a viver.
Lindo post, Mi!
Bjos
Rominho_Vix disse…
Nossa amada!!! Este livro é simplesmente MARAVILHOSO!!!
Aproveito para lhe indicar um livro, se chama "Em busca da Benção Perdida" do Pr. Marcelo Aguiar - Editora Vida.
Fala sobre a história de Jacó e tenho certeza que irá gostar muito!!!
Tenha uma maravilhosa noite!!!
Eu gostei muito do recadinho no meu flog viu!!! =*
Fique em PAZ!!!
No Amor de CRISTO!
Bjux
Rominho_Vix
Alcindo disse…
Vc escreve muito bem amada irmã.
Um ab.
Pr. Alcindo Almeida
http://alcindoalmeida.blogspot.com

Postagens mais visitadas deste blog

Cancela o teu funeral, Jesus está aqui

Josué 14:6-11 - Como marcar o seu tempo?

Gênesis 13:14-15 - A Promessa (PARTE I)