Os frutos e os Frutos do Espírito

TEXTOS BASE:
  • GÁLATAS 5:22-23 (Versão Viva)

"Mas, quando o Espírito Santo controlar as nossas vidas, Ele produzirá em nós esta espécie de fruto: amor, alegria, paz, paciência, bondade, retidão, fidelidade, mansidão e domínio próprio; (...)"

  • JOÃO 15:1-4

"Eu Sou a videira verdadeira; e meu Pai é o lavrador. Ele corta fora todos os ramos que não produzem. E limpa os ramos que dão fruto, para que produzam ainda mais. Ele já cuidou de vocês, e limpou, para que tenham mais força e utilidade, por meio das ordens que Eu lhes dei. Fiquem firmes em mim, e deixem-me viver em vocês. Pois um ramo não pode dar fruto quando está separado da videira. Nem vocês podem produzir separados de mim."


* - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - * - *

A mensagem a seguir se utiliza de muitas metáforas. Espero que possa compreendê-las.
O processo básico de produção de frutos, é preparar a semente, plantá-la e aguardar germinar. Depois, quando a plantinha germinou, as vezes é necessário removê-la do pequeno vaso, ou até mesmo removê-la para o solo, dependendo do porte da planta. Nesse processo todo, deve haver água, atenção, e o adubo, dentre outras coisas... Pois bem... vamos continuar...
Podemos fazer um paralelo para as nossas vidas através disso. Aliás, o assunto é tão rico e cheio de detalhes curiosos que daria pra escrever um livro! Porém, tentarei resumir o máximo possível.
Analisemos passo a passo:
- PREPARANDO A SEMENTE - esse sem dúvida tem que ser a etapa inicial, e a vejo como sendo a nossa entrega à Jesus, a conversão à nova Vida que Ele nos oferece, quando Ele nos presenteia com uma semente (Espírito Santo). Definitivamente - como já tentei antes de minha conversão - não é possível VERDADEIRAMENTE viver os frutos do Espírito citados em Gálatas quando temos a vida baseada nos valores, protótipos e paradigmas cotidianos. Portanto, o recebimento dessa semente das mãos de Deus é o passo inicial. Gálatas 5:22 diz que Ele (O Espírito Santo) produzirá esse tipo de fruto... Ele é a semente que produz o fruto.
- O PLANTIO - Lembro-me aqui da parábola do semeador (Mateus 13:3-9). A boa qualidade da terra onde essa semente será plantada é fundamental para o produto final "fruto saudável" ocorrer. A terra deve ser adequada ao fruto que se deseja obter. Se você plantar cajú em solo extremamente úmido e ambiente frio, não espere bons frutos! O mesmo ocorre se você plantar ameixas no sertão! Ora, o fruto que você iremos colher depende do solo que nós semearmos. Agora fica a pergunta: que tipo de frutos queremos ser para Deus? Que tipo de terra temos oferecido à Deus para que Ele plante Suas sementes?
Se nas nossas vidas, estamos deixando Deus semear uma terra seca e árida (coração duro e indiferente), ou cheia de pedras, como podemos esperar colher os frutos do Espírito citados em Gálatas? A terra, para tornar-se boa, necessita água e adubo... necessitamos do ouvir e do aprender da Palavra de Deus (Isaías 58:11).
- AGUARDAR GERMINAR - ai ai... essa etapa... vale ressaltar que só chega aqui quem já passou pelas anteriores, pois sem semente e solo bom não há o que germinar, certo?
Então... aqui entram dois agentes: o TEMPO, e a PACIÊNCIA. Do mesmo modo que Deus pode mudar algo em nossas vidas do dia pra noite, Ele também pode decidir mudarnos aos poucos, para que aprendamos bem a lição. E é aí que nos atrapalhamos e acabamos não entendendo nada, achando que Ele se esqueceu de nós, que nada muda em nossas vidas, que continuamos os mesmos de antes. Não conseguimos aceitar que o TEMPO e a PACIÊNCIA são instrumentos de Deus para aperfeiçoar nosso caráter, assim como o são para amadurecer os frutos da árvore. Assim como é amargo e sem sabor o fruto colhido fora de época, também são nossas vidas quando tentamos apressar o término da obra de Deus em nós.
Nessa etapa, a pequena sementinha frágil pode passar por várias tempestades, ventos fortes, bichinhos querendo comê-la... mas o cuidado atencioso do jardineiro (Deus) a faz sobreviver à todas as adversidades (Isaías 27:3; Isaías 43:1-2), e ela germina, e cresce, até se tornar uma muda!
E aí parece que as coisas começam a melhorar... a sementinha já cresceu mais, está mais firme, forte e bonita! Nada parece abalar seu crescimento e a pequena plantinha se sente bem dentro do pequeno vaso onde foi plantada...
Só que SOMENTE o jardineiro (Deus) conhece o POTENCIAL dessa plantinha (no caso, nós)... somente Ele sabe o tamanho da árvore que será essa plantinha, e o potencial frutífero que ela tem dormente dentro de si... Então, mais cedo ou mais tarde, ele terá que removê-la desse pequeno vaso...
- A REMOÇÃO DO VASO PEQUENO - eis aqui uma etapa "dolorosa"... quando Deus vê a necessidade de nós experimentarmos novas coisas, subirmos mais alguns degraus na caminhada com Ele... Só que para isso, Ele tem que REMOVER certas coisas em nossas vidas (Marcos 2:21-22)... o jardineiro então, têm que mudar a planta de lugar. Esse processo de remoção implica SAIR DA ZONA DE CONFORTO, deixar o que é de costume e experimentar coisas novas com Deus. Para experimentar o RENOVO de Deus, é necessário antes abandonar velhos hábitos, deixar Deus remover isso de dentro de nós... é deixar o jardineiro remover a plantinha para um local que ele sabe que será ideal para o seu crescimento, para que ela receba luz, sombra, água, adubo, e em novas medidas, para que dê ótimos frutos.
Engraçado que ao REMOVER a planta do vasinho, o jardineiro tem que PLANTÁ-LA novamente!!! Volta-se aqui a etapa do solo... à qualidade do solo... você consegue entender isso?
E depois, finalmente, ela terá condições de, sob os olhos do jardineiro, crescer, e crescer, e crescer, e produzir os frutos para os quais ela nasceu.
Só que ainda para crescer, ela necessita estar FORTE, regada e adubada. E na vida cristã, isso é para nós o aprender e o viver dos ensinamentos bíblicos.
Ao longo de todas essas etapas, os tais frutos do Espírito, pouco a pouco, vão tomando forma... é um processo lento até atingirmos a plenitude de vivê-los realmente.
Não importa em qual etapa estejamos.
É necessário regarmos a nossa terra diariamente;
é necessário confiarmos que o jardineiro sabe bem o trabalho a ser feito;
é necessário desejarmos colher esses bons frutos...
e é necessário, antes de tudo, RECEBER a Semente.
Boas notícias!! Essa Semente está à sua disposição! Basta você desejar tê-la contigo, e posicionar-se para recebê-la. Arrepender-se, converter-se, abandonar velhos hábitos ruins, e assim receber de Jesus Cristo todo seu perdão e misericórdia e renovo de vida.
Você tem LIVRE acesso ao jardineiro por meio de Jesus Cristo. Sinta-se à vontade para perguntar à Ele quais tipos de fruto Ele tem para te presentear... você pode se surpreender! rs
Que Deus lhe abençoe grandemente hoje e sempre!
Milene A.S.F.

Comentários

ceiça disse…
Que blogger abençoado é esse! rsrsrs
Olá Milena! Paz e graça!
Jrds disse…
seu blog esta um espetaculo continue assim, q deus te abençõe......


fike com DEUS ! ! !

Postagens mais visitadas deste blog

Cancela o teu funeral, Jesus está aqui

Josué 14:6-11 - Como marcar o seu tempo?

Gênesis 13:14-15 - A Promessa (PARTE I)